Informação: " Indivíduo A" das dívidas ocultas e seus amigos estão a fugir da imprensa


Para contornar a imprensa que desde as primeiras horas desta manhã está concentrada em frente do tribunal judicial da capital, os arguidos usaram a entrada do Palácio da Justiça, na 25 de Setembro. O País percorreu o atalho que António do Rosário terá usado para chegar à sala de sessões onde está a ser ouvido à porta fechada. O atalho parte do tribunal até à entrada principal do Palácio da Justiça, que normalmente não abre aos sábados.






Mas hoje o portão está aberto, incluindo a garagem, onde está posicionado um agente da Força de Protecção de Altas Individualidades. Na 25 de Setembro, o trânsito flui normalmente e nas suas bermas não há viaturas da Polícia.


Agentes de segurança acabam de fechar a entrada principal do Palácio da Justiça para inibir a circulação de jornalistas.


Do outro lado do tribunal, o acesso de jornalistas ao edifício também está vedado.

Três advogados, sendo que um deles é Abdul Gani, também foram proibidos de usar a entrar principal do Palácio da Justiça para chegar ao tribunal.





Alguns familiares estão a ser autorizados a entrar no tribunal mediante apresentação dos bilhetes de identidade. E os outros vão aguardando.




Um jovem que trabalha no Palácio da Justiça contou ao jornal O País que os arguidos chegaram muito cedo ao tribunal, antes mesmo da chegada dos jornalistas. A fonte confirmou ainda que todos os arguidos entraram via Palácio da Justiça.


Tratando-se do primeiro interrogatório do réu preso, a sessão decorre à porta fechada. Só entra para a sala o juiz, o arguido e o advogado de defesa. Durante a sessão, o juiz interroga o arguido e o advogado não intervém, salvo se o magistrado judicial o autorizar a usar da palavra.

O pais



Informação: " Indivíduo A" das dívidas ocultas e seus amigos estão a fugir da imprensa Informação: " Indivíduo A" das dívidas ocultas e seus amigos estão a fugir da imprensa Reviewed by Z on fevereiro 16, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário