Última hora: Tribunal anunciou a sua decisão final para a julgamento da indiciada por corrupção nos EUA


O Ministério Público diz que Amélia Narciso Matos Sumbana violou os deveres de respeito pelo património público, desviando dinheiro do Estado para fins pessoais, enquanto Embaixadora de Moçambique em Whashington e apela a 7ª Secção do Tribunal Judicial da Cidade de Maputo a condená-la a devolução de todo o valor desviado e prisão.

De acordo com a acusação da Procuradoria, a embaixadora emitia cheques a seu favor com a justificação de que as verbas serviam para obras na residência oficial ou para serviço da missão diplomática e pedia reembolsos de viagens aéreas não efectuadas.






As verbas terão sido transferidas para Maputo e usadas para comprar um imóvel que Amélia Sumbana registou em nome de um parente.


Nas alegações finais, o Ministério Público, pediu a condenação da diplomata, considerando que ficou provado que teve comportamento indevido. Já Pedro Macarringue, advogado de defesa, pede que o tribunal releve a situação da diplomata, porque houve apenas procedimentos administrativos que não foram devidamente seguidos, e não qualquer crime deliberado.





O tribunal Judicial de Ka Mpfumo, decidiu marcar para o dia 12 de Março, a leitura da sentença da antiga Embaixadora de Moçambique nos Estados Unidos da América, por seus crimes de carácter financeiro. 

O pais



Última hora: Tribunal anunciou a sua decisão final para a julgamento da indiciada por corrupção nos EUA Última hora: Tribunal anunciou a sua decisão final para a julgamento da indiciada por corrupção nos EUA Reviewed by Z on fevereiro 12, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário