Complicação em Moçambique: Aquele Grupo que Cumbane insinua ser "apadrinhado" por Guebuza matou 16 pessoas


Uma emboscada a uma viatura de mercadorias que transportava passageiros no norte de Moçambique fez 16 mortos na terça-feira, num dos mais sangrentos ataques na onda de violência que assola a região, disseram hoje à Lusa fontes locais.





A viatura de caixa aberta transportava várias pessoas e suas mercadorias de Mucojo para Quiterajo, durante a tarde, num caminho em terra batida junto à costa em Cabo Delgado, distrito de Macomia.

A viagem foi interrompida já perto do destino quando a viatura foi alvo de uma emboscada por homens armados que começaram a disparar.





Segundo o relato de fontes locais, residentes e autoridades, algumas pessoas fugiram, mas oito – entre as quais três militares – morreram no local, queimadas, depois de os agressores terem incendiado a viatura.

Outras sete ainda receberam socorro em comunidades próximas, mas acabaram por morrer, várias com ferimentos de bala.




Um outro corpo de um passageiro veio a ser encontrado nas imediações, com sinais de ter sido alvejado, suspeitando-se que tenha tentando fugir, mas sem capacidade de resistir aos ferimentos.

As oito pessoas que morreram queimadas na viatura acabaram por ser enterradas no local, devido à falta de acessos, acrescentaram as mesmas fontes.

LUSA
Complicação em Moçambique: Aquele Grupo que Cumbane insinua ser "apadrinhado" por Guebuza matou 16 pessoas Complicação em Moçambique: Aquele Grupo que Cumbane insinua ser "apadrinhado" por Guebuza matou 16 pessoas  Reviewed by Z on maio 31, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário